X Capitulo

Vocês já escutaram sobre almas gêmeas ,certo?(não vou repetir aquilo,prometo) então...quando nós falamos em almas gêmeas,pensamos qual será a nossa...a do gatinho do último ano,ou o nerd do segundo ano...Mas então,alma gêmea quer dizer,seguir em vidas com o amor,pelo menos para mim é...As almas continuam sua trajetória,como se fosse ah...um avião que segue do Brasil ao Estados Unidos e daí em diante...eu sei é complexo e complicado...mas quando se descobre a alma gêmea ,tudo muda...

Agora vocês me pergunam...mas quando essas “almas” se odeiam? Bom,se elas se odeiam agora,é por que houve um amor muito ,mas muito forte e bonito ,na vida passada...Ódio não quer dizer que você não vai amar,eu por exemplo,odiava muito ...Harry Potter,mas hoje é um dos meus filmes favoritos...tudo bem ,não tem nada haver com almas gêmeas,mas mesmo assim vocês entendem o que quero dizer...Então,quando duas almas passadas se encontram o sentimento inicial pode ser mudado,ou as vezes continua o mesmo,mas um pouco mas forte do que antes...

Agora,se essas vidas voltam como irmãos adotivos,ahh...eu não sei explicar.Eu até sei,mas não vou explicar,por que aí eu entrego toda a história a vocês...então o fim não vai ter graça...mas voltando...Dois corações que batem forte e na mesma sintonia,na certa é amor...talvez eu esteja errada,mas a minha opinião é essa...Vanessa estava no quarto tocando nada ,com nada no seu violão,não sabia o que tocava...e não sabia nem se estava tocando,só sabia que alguém a olhava,então virou

-Ah...é você!- falou sem vontade

-Sim!- o par de olhos azuis a olhava- tocando o quê?

-Nada?!- fez careta ,ele sorriu

-Legal...me pareceu uma nova canção!-ele riu, e ela riu junto

-Se for,eu não lembro !- olhou bem pra ele – o que foi?

-Eu só...- viu ela se levantar e ir colocar o violão dentro da capa – vim pedir desculpas!

-Ah...tudo bem!nunca mas vai acontecer certo?- perguntou olhando para ele,próximo...ele estava
próximo

-é...- foi a única coisa que saiu da boca dele

Por que sempre que agente tenta ,a vida afasta?Entenderam?Não,eu sei...é que quando você quer muito uma coisa parece que a vida dificulta ,e quando agente não quer a vida ajuda...estranho né?Pois então,Vanessa precisava ter uma séria conversa com sua vida...por que ela estava contra a ela,ela ela...coisa maluca...aushauhs...concentra na história...

Sim ,contra por que seu irmão estava próximo dela de novo...olho no olho de novo,repiração quente,coração batendo forte,e borboletas no estomago...tudo que sentiu alguns minutos atras voltava ...Vanessa sentiu raiva por sentir tudo de novo,e Zac...se sentiu estranho,nunca sentiu aquilo...E tudo para os dois sumiu,só a lembrança de duas crianças na varanda brincando de banda famosa tomava a mente deles,nem o medo de serem pegos ali...tão próximos...

A aproximidade acabou quando Vanessa fechou seus olhos,fazendo Zac se aproximar...tocando sua boca...longo em seguida estavam envolvidos em um beijo...de novo,o movimento das linguas ,que dançavam e exploravam o lugar...as mãos de Zac seguravam os braços de Vanessa ,fazendo o corpo da garota grutar no seu,e assim,sentir o coração dela,batendo tão forte quando o dele...

Vanessa,dessa vez nada fez...talvez por que queria de novo tocar a boca do irmão...aquilo não era pecado,era?Ele não era seu irmão...Não,ela estava errada,foram criados juntos,eram irmãos e sempre seriam...Mas ele a segurava de tal forma que a fazia esqueçer de se soltar,e retribuir numa intensidade maior o beijo...Mas então ele a soltou,afastou seu rostos...viu que a garota estava distante...

-Er...desculpa,não vai acontecer de novo...- olhou para ela,que mantinha o olhar no chão,medo de ser enfetiçada de novo...- Nessinha,tudo bem?- a quando tempo não o escutava chamando ela assim,então o olhou

-Tá...quero dizer,nós somos irmãos...não faz mas isso....- por algum motivo sentiu com se uma faca entrasse em seu peito ,e não conseguia mas odiar seu irmão,enfim admitiu

-Desculpa...- olhou mas uma vez para ela,antes de sair do quarto dela e ir para o dele

Ela novamente caiu na cama,dessa vez por inteiro...olhando o teto,tentou respirar,mas viu que agora nada fazia sentindo...ou seja,seu ar tinha ido...mas a parte de saber que Zac era seu ar,ela não aceitou...tentou lembrar que o odiava,mas não conseguia.Olhou a folha no criado mudo,então tentou escrever algo,uma canção sobre uma mente confusa...talvez.Passou um certo tempo ali,escrevendo ... sem o apoio do violão...só na letra....Quando Demi entrou em seu quarto.

-Ei,compondo?Ou escrevendo no seu diário?- riu

-Fazendo um plano pra te dar um soco no olho...tá afim de me ajudar?- respondeu o comentário da amiga nervosa –er...desculpa!

-Uau...que mal humor...Já sei,brigou com o teu irmão!?- se sentou ao lado da amiga ao ver o semplante da mesma

-Ele tava se agarrando com uma garota aqui,eu me estressei,espulsei ela daqui,ele e eu brigamos
e...- parou

-e...?- puxou o resto da amiga

-Demi,eu prefiro não falar disso!

-Mas eu gostaria muitissisisimo de ouvir!- sorriu

-Er...ele ,ele ...ahh elemebeijou- falou tão rápido que talvez ela mesma não tenha entendido

-ele o que?- Demi realmente não entendeu

-ele me beijou...-falou baixo,mas pelo rosto da amiga ,ela tinha ouvido

-ele...ele te beijou!?-olhou para amiga – uau,só uau!

-Ele é um idiota,onde já se viu beijar a propria irmã...e quando digo beijar é beijar pra valer!

-Percebeu uma coisa?- com ar de riso

-não,o que?

-depois de tanto tempo,você “perdeu”- fazendo aspas com as mãos – o bv com seu irmão!

-Ah,muito engraçado!- seu olhar de raiva passou a perdido

-Que foi?- olhou preocupada

-eu sentir umas coisas estranhas!

-que coisas?

-ah...minhas pernas ficaram bambas,e meu coração batia mas forte do que qualquer outra
coisa...e também...- Demi a interrompeu

-sentiu as tais borboletas?

-Não ,não eram as borboletas,era nojo..é nojo! – tentou sorrir,mas viu ,não adiantava mas.

-Talvez,todo esse odio seja outra coisa...- Demi iniciou

-tipo o que?!

-Não sei...presta atenção... Vocês eram amigos...- Vanessa iria falar algo,mas Demi continou o
mas rápido que pode – não me diga que não,por que eu sei que você sente falta.Desde pequenos
amigos,brincando de banda,sonhando em um dia formar uma banda e serem famosos...e talvez algo maior.Mas ai,veio a morte dos seus pais,e tudo mudou...ele foi para o time dos populares,mesmo você sendo dona da escola...ele mudou por que seus amigos queriam que ele mudasse,e sem enxergar magoou a melhor amiga.E então a divisão,se transformou em ódio,mas não puro ódio.Ódio por terem que ficar próximos,e por ter que esconder algo visivel.- respirou ,Vanessa a olhava- Então você viajou,sentiu tanta falta dele,que a única coisa que saia da sua boca era: Eu odeio o Efron.Esse odeio ,sempre saiu como: Eu sinto falta do Efron.Você entende?Vocês...vocês se gostam.

-Tá maluca?Só pode né?Ele é meu irmão...

-Tem o mesmo sangue?Ele se formou na barriga da sua mãe?De Gina?- Olhou sério para
Vanessa – não,não e não!Pára de fingir...um dia tudo explodi!

-quero ficar sozinha!

-tá!Mas não fica com raiva de mim!-na porta

-não to !- sorriu forçado

-Que bom!- saiu do quarto de Vanessa

Por que tudo pareceu distante agora?Parece que tudo fica contra você...enquanto as provas não aparecem,você fica rodeada daquela situação,e sem saber o que pensar se perde no seu pensamento...Pensou,pensou...talvez Demi estivesse certa,mas Vanessa era orgulhosa de mais para admitir,ou aceitar...Ou talvez Vanessa estivesse certa,por que criando juntos e viraram irmãos,isso seria um pecado de alguma forma...

Tudo estava tão confuso,em alguns dias chegaria o dia da morte de seus pais,e em um mês era o seu aniverário,sim de Vanessa...imaginava como seria...tudo tão em cima ,tudo tão apertado,tanta saudade...

Continua...

Ah e ai gostaram?
Espeor que sim.Ah como passaram o dia das mães?


Beijos e comentem...

4 comentários:

Cristy disse...

ola adorei o capitulo:)
Zac e Vanessa...complicação espero que eles fiquem juntos:)

Ps: Aqui em Portugal o dia da mãe é dia 2 de Maio, mas passei bem:)

beijos

Diana disse...

Ola
Amei...
Ta dificil esses dois admitirem :)

PS: Como disse a Cristy o dia da mae aqui ja foi xD
Espero que tenha corrido tudo bem contigo e com a tua mãe
PS2: EU costumo comentar com a conta do meu pai mas agora ja tenho uma

Beijinhos, Diana

Luana disse...

nossa amo a sua historia de verdade!sempre leio mais quase nunca tenho tempo de comentar! mais hoje deu :) vo comentar sempre que puder , pois tambem tenho blog e sei como e ruim ficar sem comentarios!bjo, Luana ;)

Paula disse...

Nossa adoro sua história.
Espero esses dois fiquem juntos logo.
Tá lindo...
bjos

Postar um comentário