V Capitulo

Certo,retrospectiva : os pais saíram ,ficaram em casa sozinhos,ela toca uma música no piano,ele a elogia,eles brigam,e brincam,depois algo estranho acontece,e ela canta uma música que escreveram quando eram crianças...bem complexo...ou confuso.

Ela ainda estava no quarto,tentava ler ,Percy Jackson é muito bom,ela lia o terceiro livro,A Maldição do Titã.Adorava essas histórias fantasiosas.O problema era que não conseguia se concentrar,ainda pensava no que aconteceu na sala...Com ele,ainda estava da mesma forma,olhava para o piano.Lembrando de uma dia ter uma amiga para conversar e não uma irmã ,que tanto o odeia.

Seus pais chegaram a noite,junto com Demi e Joe.Demi foi no quarto de Vanessa.Viu a imagem de Vanessa segurando um papel,a foto de seus pais ao lado...e chorando.Demi correu para o lado dela...

- que foi?

-Eu só...eu só sinto falta deles.- olhou para o papel – Talvez tudo fosse diferente...não sei.

-Que papel é esse?

-Nada de importante...é só uma música...minha e do...do Zac.

-Você e ele já compuseram uma música?- olhou para Vanessa assustada

-Já!Você sabe toda a história!-entregou o papel para Demi(vou colocar em português,a música
do capitulo anterior,completa ok?)

- Lembro do dia em que te conheci,
Nos divertimos pra valer
Foi como se encontrasse um alguém pra vida inteira
Teus olhos tão marcantes...
Tua voz tão doce...
Viramos amigos

[Refrão]
Amigos como você
São difíceis de se encontrar
Eu tenho você...
Um amigo que levarei para sempre
Você e eu
Irmãos,amigos...
Sempre juntos...

O que posso dizer?
Você foi algo mágico em minha vida
Você é algo mágico em minha vida...
Algo tão bom de ter...
Amo você amigo...
Amo você com todas suas virtudes
E com todos seus defeitos...

[Refrão]
Amigos como você
São difíceis de se encontrar
Eu tenho você...
Um amigo que levarei para sempre
Você e eu
Irmãos,amigos...
Sempre juntos...

Um dia ,talvez,você se vá
E não lembre mas de mim...
Mas fique tranqüilo, lembrarei de você
Pois em toda minha vida
Só tive você de verdadeiro
O único que pude confiar
O único que me passou paz
Amor...confiança
Por favor,por mais que o tempo passe
Não me esqueça...

[Refrão]
Amigos como você
São difíceis de se encontrar
Eu tenho você...
Um amigo que levarei para sempre
Você e eu
Irmãos,amigos...
Sempre juntos...
Juntos....
Sempre juntos.

Depois que terminou de ler,olhou a amiga,que continuava com os olhos fixos na foto do seus pais.Abraçou ela,e ficaram assim por um tempo.Ashley era sua melhor amiga,mas desde que conheceu Demi,as coisas mudaram,lógico,Ashley sempre será sua amiga,mas Demi passou a ser um porto seguro,onde quando não tinha ninguém se segurava e agüentava a onda numa boa.

-Por que você ta assim? Só por causa da música...?- olhou para Vanessa

-Não...senti falta dos meus pais!Lembrei que talvez se eles estivessem aqui,as coisas seriam diferente...e talvez...- parou falaria besteira

-Você adora seu irmão...mas trata ele como se não sentisse nada.A música fez você lembrar dessa amizade tão bonita...Me diz uma coisa,depois dessa amizade você encontrou alguém que pudesse confiar de verdade,que pudesse partir das coisas mas bestas ,das lagrimas...você não senti nenhum pouco saudades daquela época que vocês eram apenas amigos?- Vanessa a olhou ,o que demi perguntava?

-Tá maluca!?Eu odeio aquele garoto,me fazia de amiga por que a mamãe me pedia para ser legal...- lembrou que sua mãe odiava mentira então parou – desculpa....olha amizades que não valem a pena já eram ,entende?É o mesmo que um namoro que não dá certo!

-não,não é não!- as duas se encaravam – a amizade de vocês poderia dizer que existia mágica,mágica pra lá de amizade...apesar de crianças,algo a mas existia,e você sabe disso!

-Você ta ficando maluca!- deitou na cama – Vai fazer sete anos da morte dos meus pais,e por isso peguei a letra ,por que é uma forma de lembrar dos meus pais.

-Você não precisa de letra nenhuma para lembrar dos seus pais,você não precisa de nada.Eles estão em você.E por favor...usar uma música sobre um amigo é lembrar dos seus pais?- olhou para Vanessa,esta nada respondeu e então Demi saiu do quarto,e foi para o seu ainda nervosa com Vanessa.

Vanessa ficou ali em seu quarto até o dia clarear,Starlla e David foram vê-la ,Stella também...Em três semanas sete anos ....de dor.Visitaria o tumulo deles,e tentaria ,como sempre,ser forte na frente de Stella.Depois de anos iria ao cemitério,passou três anos longe de casa,e durante esse tempo podia chorar sozinha,e sem mostrar o lado fraco para Stella.

Os dias iam se passando ,passou uma semana,Vanessa e Zac continuavam do mesmo jeito,na brigas, o pior era sentir que não valia a pena.Uma semana estava de volta,mas ainda sentia como se não estivesse em casa,ainda precisava se acostumar.

Na escola ia se acostumando aos poucos não ter que usar toda aquela roupa ,mas que tanto adorava.Sentia falta de estar repleta de instrumentos ao seu redor.

Continua...
Eu realmente me emocionei lendo os comentários de vocês...
Quando eu escrevo tento passar a máxima realidade possivel e é bom ver que consigo...
As minhas histórias são para mim um modo de relaxar,mas acho que vou levar isso a sério...Quem sabe um dia vocês não comprem um livro meu?RSRS
Mas creio que esse senso de realidade é por que estou concentrada no Jornalismo,é o curso que vou fazer na universidade...Me digam: tenho talento?
Quem sabe um dia desse eu não seja a nova Talita Rebouças...ok,nem chego perto,mas quem sabe...

Sobre a história,espero que tenham gostado do capitulo...Ah uma coisinha entrem em aqui e comentem ok!?é meu blog de apoio a Baby V!!!

Bom é isso beijos e comentem....

2 comentários:

Cristy disse...

olá:)
Adorei o capitulo...

Tens talento, sim:)
Olha quando escrever o livro...e venderes,,,mandas-me depois um autográfo, por correio, pode ser?

beijo...posta logo

Paula disse...

Nossa sua história tá incrivel,vc escreve muito bem.
To adorando....
Posta logo...
bjos

Postar um comentário